Marketing Digital: o equilíbrio entre convencimento e efeito
15 de janeiro de 2020
Qual a melhor rede social para o meu negócio?
13 de fevereiro de 2020
Mostrar tudo

5 passos para ativar seu modo criativo para encontrar soluções

Manter-se criativo é um exercício constante. Está enganado quem pensa que os benefícios de ser criativo servem apenas a quem vende sua criatividade, como inventores, artistas, etc. A criatividade é de grande benefício para tomada de decisões, sejam elas de quaisquer naturezas. Assim, a mente empreendedora pode se beneficiar, e muito, com as soluções que podem vir do modo criativo. 

O que chamamos aqui de modo criativo pode ser traduzido como uma visão ampla e pessoal do seu processo criativo. O que você faz habitualmente que estimula sua mente a ter ideias? A seguir por caminhos que vão além da atenção rotineira?  Bom, para cada indivíduo, isso se dá de forma diferente, por caminhos diferentes. De brainstorms ao inconformismo com soluções existentes, a trilha da criatividade permanece um tanto incompreendida.

Encontre seu modo criativo

Desconfie de quem quer ensinar você a ser criativo. Lembre-se de que ideias são frutos de experiências pessoais. É por isso que estar em um estado criativo é uma ferramenta importante para enfrentar momentos decisivos e infortúnios. 

Não é preciso dizer que soluções criativas são, sem generalizar, um produto de momentos de dificuldade. Elas carregam essa característica, como também a do novo. Ideias novas não servem apenas para resolver problemas velhos. Ideias novas refletem a nova maneira de ver o mundo, de viver diferente, melhor e mais perto de tudo.  

Observar é o primeiro passo 

Como dito acima, a criatividade vem da maneira como as pessoas estão querendo ou fazendo as coisas acontecerem no mundo. Estudos como este, uma parceria da Universidade de York (RU) e da Universidade da Califórnia (EUA), estão empenhados em  relacionar como manter nossa mente vagando pelo que está ao nosso redor pode ser uma experiência consciente e produtiva. Entender como tudo vai se desenrolando à nossa volta pode se revelar uma mola motora para sua cabeça. 

Relatar é o segundo passo 

É fundamental registrar seus insights, esses instantes de clareza súbita que chegam à sua mente enquanto você vê, observa, pondera ou apenas acha algo sem importância. Tanto na vida pessoal quanto profissional, cada vez mais as informações têm transitado com mais velocidade. Se você não anotar, nem que seja no bloquinho de notas no celular, vai perder o leve momento de clareza. Esteja pronto para ser inspirado! 

Organizar-se é o terceiro passo

Desde o início do texto, estamos falando sobre fazer algo, ativar, encontrar. Também estamos falando de ações, que implicam dedicar tempo, disposição e uma organização mínima. Isso porque o desejo de manter a cabeça neste sentimento de criatividade deve ser algo benéfico e não uma preocupação. Encontre seu tempo, seus horários e suas rotinas. Vá descobrindo os horários do dia, a nuances que estimulam sua mente a encontrar um bem-estar. 

Depois que você começar a levar o segundo passo mais a sério, certamente terá anotações e arquivos para visitar. Sua memória irá levá-lo a eles diante de situações pertinentes. 

O ócio é o quarto passo 

Ócio não é dormir, mas sim dar à mente o estado de bem-estar, relaxamento que ela precisa para absorver, processar ou esquecer tudo que você observou, viu e até refletiu e anotou. 

Um estudo de 2016  feito pela Universidade da Carolina do Norte (EUA), intitulado Everyday creative activity as a path to flourishing (A atividade criativa cotidiana como caminho para o florescimento, em tradução livre), demonstrou que pessoas que passaram algum tempo com objetivos criativos durante o dia, relataram na pesquisa que tiveram um dia melhor. A pesquisa relaciona o bem-estar mental à condições favoráveis à criatividade.  

Diante disso, achar os momentos para providenciar a sensação de bem-estar que sua mente precisa é o penúltimo passo para a criação.

Criar é o quinto e último passo  

Criar é dar aos pensamentos, sentimentos e insights relatados um direcionamento aplicado. Este direcionamento surge com as dificuldades que se apresentam ou com nossa vontade de dizer/fazer/realizar algo novo. 

Ativar seu modo criativo tende a ser um processo contínuo, gradativo e não retilíneo. Talvez você encontre um padrão, talvez não. Contudo, acreditamos que você irá se surpreender com o desenvolvimento de sua capacidade de inovar e resolver problemas. 

Que tal saber um pouco mais sobre nossas
ideias e rotinas criativas? 

Deixe seu comentário!